terça-feira, 16 de outubro de 2018

Arroz de tomate integral

Hoje celebra-se o Dia Mundial da Alimentação e também o do Pão.
Habitualmente recai sobre o segundo a temática da receita que partilho neste dia, mas desta vez a vontade foi outra.
Quem segue o blogue, sabe o quanto valorizo a importância do que comemos, a qualidade e origem dos alimentos que escolhemos, a diversidade do que cozinhamos, o equilíbrio entre o sabor e a saúde.
A partilha da mesa, do convívio, a reunião da família e a tradição da comida feita em casa.

   photo 390A7986_zpsud2omlew.jpg

A alimentação é, para mim, uma temática fascinante e os princípios em que acredito, embora vão permanecendo coerentes, estão simultaneamente em constante mutação.
A nossa vida muda, o mundo muda. É natural que também a forma como nos alimentamos reflita essas mudanças.
E desde que o No Soup foi criado (vai fazer dez anos em Março!) muito evoluiu na forma como nos alimentamos cá em casa. Mas isso é conversa longa e tema para um outro post. Dos grandes!

Hoje celebro a data apenas com a simplicidade de um arroz. E é tanto, não é?
Arrozeira assumida, não faltam por aqui sugestões do que fazer com este cereal tão nosso.
receitas para todos os gostos: malandrinhos bem tradicionais, risotos, cor de rosa, doces e até gelados - escolham e sirvam-se.

Mas e não é que nunca tinha partilhado um dos meus favoritos?

   photo 390A7987_zpspy3xvccl.jpg

Perfeito para este mês de despedida do tomate de verdade, cá fica ele, com o twist de ser feito com arroz integral e na versão como mais gosto no Verão: seco e soltinho.
A receita mantém-se caso o queiram fazer em modo malandro, basta adicionar mais água para cozer.
Por mim, gosto tanto de ambas, que de sorriso largo as vejo chegar tanto uma como outra ao prato. 
Mas nos meses mais quentes, quantas vezes não lancho uma tacinha de sobras de arroz de tomate, direto do frigorífico...
Alguém mais faz o mesmo? Gosto tanto desse petisco!

 photo 390A7988_zpsgnor8bvx.jpg 


Arroz de tomate integral

1 cháv. de arroz integral, previamente demolhado por 12h
1 cebola
2 dentes alho
Azeite
1 folha louro
½ pimento vermelho (opcional)
400 g de tomate pelado em pedaços, fresco ou enlatado
4 cháv. de água fervida
Sal e pimenta preta moída na hora


// preparação tradicional 

Refogue a cebola picada em azeite até ficar translúcida, em lume médio-baixo, deixando alourar suavemente. Perto do final, acrescente os alhos picados.
Junte a folha de louro e o arroz e deixe cozinhar até mudar de cor.
Acrescente o pimento cortado em pequenos cubos e o tomate grosseiramente desfeito e envolva, cozinhando por mais uns minutos.
Adicione a água (aumente para seis, se quiser um arroz com caldo, malandrinho), tempere com sal e pimenta e cozinhe em lume brando cerca de 45-50 minutos, até que a água evapore e o arroz fique cozido.
Rectifique os temperos e sirva.


// preparação robot de cozinha (bimby_thermomix)

Coloque no copo a cebola, o azeite e os alhos, pique 5 seg/vel 5 e refogue 6 min/Varoma/vel 1.
Adicione o pimento, pique 4 seg/vel 5, adicione o tomate e programe mais 4 min/100C/vel 1.
Com o cesto sobre um prato, deite nele o arroz e envolva o refogado.
Coloque no copo a água, o sal e a pimenta, o cesto e programe 45 min/100ºC/vel 4.
Confirme a cozedura, retifique os temperos, e depois retire para uma taça e sirva.



4 comentários:

  1. Que belo arroz de tomate.

    Beijinhos,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.com/2018/10/world-bread-day-e-um-pao-pizza-de.html

    ResponderEliminar
  2. Que rico arroz de tomate!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É daqueles petiscos clássicos, que agrada praticamente a toda a gente, não é Mary?
      Um beijinho para ti :)

      Eliminar