sábado, 24 de outubro de 2009

Pão de Sementes Integral - Método Bertinet

Fiquei do método Bertinet de moldar o pão e dei descanso ao artisan bread.
O que me apetece agora é colocar as mãos na massa! :)

Este pão ficou escuuuuuro, rico, denso, esburacado, saboroso, diferente, bonito – enfim, não sabia de havia de comê-lo ou ficar a olhar para ele!
Até o Esparguete gostou e tivemos um reconfortante jantar de domingo com pão caseiro, sopa quente e cozinha perfumada. :)



200g de farinha de trigo integral
125g de farinha multi-grãos: 20g de sementes linhaça + 30g de sementes sésamo pretas + 20g de carolo milho + 55g de farelo de trigo
175g de farinha T65
10g de fermento fresco de padeiro
10g de sal fino
340g de água

_________________________________________

thermomix_bimby

Coloque no copo os ingredientes para a farinha multi-grãos e triture 20 seg, vel 9.
Junte as restantes farinhas, desfaça o fermento fresco por cima, junte o sal e a água: 10 seg, vel 6 + 4 min, vel espiga.
Retire a massa para uma taça enfarinhada e deixe repousar num alguidar, tapada com um pano de cozinha, até que duplique de tamanho.

tradicional

Triture os ingredientes para a farinha multi-grãos numa picadora, repetindo o número de vezes necessárias para obter uma mistura o mais fina possível.
Numa taça, desfaça o fermento fresco juntamente com todas farinhas, fazendo uma farofa. Junte o sal e a água. Segure na taça com uma mão e misture os ingredientes com a outra por 2-3 min, até que se comece a formar a massa.
Retire a massa para a bancada sem a enfarinhar e comece a trabalhá-la. Coloque as duas mãos por baixo da massa, com os polegares por cima, e estique-a fazendo-a depois cair novamente sobre a bancada, com a parte que ergueu a dobrar por cima da outra.
Vá repetindo este movimento por aproximadamente 5 min até que a massa ganhe mais ar e elasticidade e se solte da bancada.
Nesta altura forme uma bola, dobrando os limites para o centro.
Vire ao contrário e deixe repousar na taça enfarinha e tapada com um pano de cozinha até que duplique de tamanho.

máquina de pão

Triture os ingredientes para a farinha multi-grãos numa picadora ou na bimby, repetindo o número de vezes necessárias para obter uma mistura o mais fina possível.
Coloque na cuba as farinhas, desfaça o fermento fresco por cima, junte o sal e a água: seleccione o programa “Massa”.
Quando o programa terminar retire a massa.

…………………………………………

Unte uma forma de pão de 30cm.

Tombe a massa levedada da tigela para a bancada levemente enfarinhada, suavemente, servindo-se de um rapa-tachos.
Abra levemente a massa num rectângulo, com as mãos. Dobre o lado mais comprido do rectângulo até ao centro e pressione a junção com a base da palma da mão.
Dobre o outro lado da massa até ao centro e pressione novamente.
Dobre ao meio no mesmo sentido e pressione novamente com firmeza com a ponta dos dedos para selar a junção. Esta operação é que permite concentrar a força da massa numa linha dorsal imaginária.
Vire a massa de modo a que a costura fique para baixo.

Pincele a massa com água e polvilhe com sementes.
Coloque a massa na forma e deixe levedar novamente por mais uma hora (até que dobre de tamanho), coberto com um pano.

Pré-aqueça o forno a 250º com um tabuleiro vazio lá dentro.

Quando colocar o pão a cozer, deite no tabuleiro uma chávena de água a ferver para criar vapor e obter uma crosta estaladiça.
Reduza o forno para 220º e coza 10 min e depois mais 30 a 35 min a 200º.





Notas:

- Pode fazer apenas uma pré-cozedura de 10 min a 220º, deixar arrefecer completamente e congelar. Depois é só retirar directamente do congelador para o forno a 210º mais 35 min.

- Fonte: Receita adaptada a partir do livro “Dough”, de Richard Bertinet.

23 comentários:

  1. Outro livro da minha lista, que vai crescendo, crescendo,...

    E olha...acho que sinto o perfume que ele deixou por cá... ;D

    ResponderEliminar
  2. Amiga,
    Está fantástico,esse pãozinho lindo e saudável.Adoro pão com sementes. Ainda outem fiz outro de sementes na mfp, que
    agora é novidade para mim claro, e só procuro receitas para fazer na mfp:) mas esta receita vou guardar nas prioridades a fazer.

    bjs
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  3. ficou mesmo escurinho!!!!!
    que bela refeiçao acompanhado de um belo pãozinho integral!! beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Agora fiquei meio baralhada, porque vinha da minha lista de blogs com a indicação que o teu último post era brownie e quando chego nem dou pelo título da publicação de hoje.

    Ou seja, começo a ver o pão de sementes e a pensar assim: a Gasparzinha enganou-me bem mas está engraçado o nome de brownie para um pão escuro :))

    Bom, resumindo, adorei o pão e o brownie. Finalmente estou consciente que são coisas diferentes LOLOLOLOL Beijokas.

    ResponderEliminar
  5. Esse pão esta com óptimo aspecto, e eu adoro pão cheio de sementes.
    Beijinhos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  6. Esse pão está lindo, parece aquele pão alemão!
    Bjs,
    M.

    ResponderEliminar
  7. Muito bom aspecto, realmente o pão feito por nós é especial.
    Adorei a variedade das sementes.
    bjsss

    ResponderEliminar
  8. A cor o aspecto esta lindoooooooooo!
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Está com um aspecto delicioso!
    Bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  10. Que rico pão!!! Nunca comi pão assim tão escuro mas de certeza que deve ser óptimo!
    Bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  11. Olá Gasparzinha;

    essa manhã recebi um selo de presente, e uma das "tarefas" era indicar um blog amigo. Indiquei o seu para receber este selo também porque gosto muito daqui. Não vou ficar chateado se você não quiser participar disso - eu mesmo achei meio trabalhoso cumprir esta "tarfea", mas como sou novo por aqui e achei a indicação que recebi muito carinhosa, não quis recusar. Mas fique realmente à vontade. Sua indicação está postada no meu blog.

    Um beijo grande;
    Pierre.

    ResponderEliminar
  12. Ainda não entendi essa da linha imaginária. Tenho que fazer para ver ou imaginar :)

    ResponderEliminar
  13. Pois eu sou como você, sempre gostei de colocar a mão na massa, vê-la crescer e tudo o mais que o pão nos oferece. Apesar da MFP, volta e meia sai um pão amassado e modeladom, ainda mais saudável como esse.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  14. Nossa, ficou escuuuuro mesmo! Ai, que delícia, quero provar. Beijão

    ResponderEliminar
  15. Aqui na Alemanha há muitos pães deste tipo, bem escurinhos, embora não seja grande apreciadora tem bom aspecto.
    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Mais um pão maravilhoso saído dessas tuas mãos magníficas.
    Beijinhos minha linda.
    Obrigada pelos teus doces comentários no meu último post, és uma querida.

    ResponderEliminar
  17. Gasparzinha,

    Ficou lindo o pão assim escuro, eu também adorei esse método e já fiz o mesmo pão 3 vezes. Amanhã vou fazer duas versões, uma integral e uma com farinha de aveia e congelar uma. E eu não gostei do artisan sabia, testei uma vez e ficou uma meleca, vai entender.

    Bj,


    C.

    ResponderEliminar
  18. Olá, cheguei ao seu blog através da Tati do Panelaterapia e adorei, já estou te seguindo. Tb tenho um blog de culinária, qdo puder me faça uma visitinha. Bjinhos, Nane www.vovoqueensinou.blogspot.com

    ResponderEliminar
  19. Que pãozinho tão lindo!

    Adorei as texturas e o efeito das sementes.

    Bjs

    ResponderEliminar
  20. Isto sim é um verdadeiro pao integral, perfeito! O melhor de tudo é faze-lo na maquina de pao, faz alguns meses que a minha esta' parada, irei retorna'-la a ativa com a tua receita.
    Bjim com karim
    Léia

    ResponderEliminar
  21. pareceme um pouco amis trabalhosa mas ficou u pai tao bonito mesmo escurinho:-)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  22. Olá!
    Pode-se cozer na MFP?
    Bjs
    Neuza

    ResponderEliminar
  23. Neuza, para ser cozido na MFP, ou se programa "Cozer" depois de terminado o programa "Massa", ou, o que faz mais sentido, escolhe-se logo o programe "Integral".
    Mas o pão fica muito melhor se for cozido no forno. :))
    Bjs

    ResponderEliminar