quinta-feira, 18 de junho de 2009

Bolachas de parmesão, alecrim e azeitonas e Obazda

Nos dias de sol e lazer que os feriados da semana passada nos deram, um jantar de amigos cá em casa foi pretexto para testar mais umas entradinhas.
As bolachas da Mariana, há muito debaixo de olho, ficaram perfeitas.
E para quem não conhece esta pasta de queijo típica da Baviera, chamada obazda, só tenho a dizer: experimentem! É daquelas que puxa uma bebida geladinha e dá vontade de nos deixarmos ficar pelos petiscos e conversa solta. Descobri esta delícia no blog Fatias Douradas e adaptei-a depois com ligeiras alterações. Um blog que leva o nome de um dos meus pecados preferidos e que tem sempre boas ideias e sugestões.
Com estas bolachas, grissini ou pão caseiro, o obzada vai bem com tudo!



Bolachas de parmesão, alecrim e azeitonas

Para um tabuleiro de bolachas:

140g de farinha
½ colher chá de sal
3 colheres sopa (50gr)de queijo parmesão, finamente ralado
1 colher sopa de alecrim fresco picado – usei tomilho
2 colheres sopa de azeitonas pretas, em fatias finas
2 dentes de alho ralados
3 colheres sopa de azeite
¼ chávena de natas – usei 2 colheres sopa de iogurte
1 colher sopa de leite (se necessário) – não usei
Sal marinho para polvilhar
_________________________________________

thermomix_bimby

Coloque o parmesão em pedaços no copo e triture 8 seg, vel 9.
Junte os alhos e repita.
Acrescente a farinha, sal, alecrim, parmesão, azeitonas, alho, o azeite e as natas: 15 seg, vel 6.
Se a massa estiver muito seca, acrescente um pouco de leite.

tradicional

Misture bem todos os ingredientes secos – farinha, sal, alecrim, parmesão, azeitonas e alho. Adicione o azeite e, com um garfo, misture tudo até que toda a massa tenha aspecto de migalhas.
Acrescente as natas e, com a mão, envolva. Se a massa estiver muito seca, acrescente um pouco de leite.

……………………………………

Estenda a massa numa folha de papel vegetal, que caiba na sua assadeira, até obter um rectângulo fino. Pode precisar de enfarinhar o rolo à medida que vai trabalhando.
Com uma faca ou cortador de massa, corte o rectângulo grande noutros mais pequenos, mas sem os separar – este passo é só para que, ao arrefecer, seja mais fácil partir a massa em bolachas individuais. Salpique com sal marinho (ou outro à sua escolha) e leve ao forno até que estejam douradas, 10 min.
Retire para cima de uma grade e deixe arrefecer.



Obazda

1 cebola pequena
50g de manteiga
100g de queijo camembert
100g de queijo creme tipo philadelphia
1 c. chá de paprika
1 c. café de cominhos
40 ml de cerveja preta
Sal e pimenta
_________________________________________

thermomix_bimby

Colocar a cebola, a manteiga e a cerveja no copo: 15 seg, vel 9 + 1,5 min, temp 50º, vel 2.
Temperar e juntar os queijos: 5 seg, vel 7. Rectificar o sal.
Deixar umas horas no frigorífico para ganhar consistência e servir com tostas ou bolachinhas salgadas.

tradicional

No copo da varinha mágica ou picadora, colocar a cebola cortada, a manteiga e a cerveja e picar até que a cebola fique muito picadinha. Temperar. Juntar os queijos e picar até obter uma pasta grumosa. Rectificar o sal.
Deixar umas horas no frigorífico para ganhar consistência e servir com tostas ou bolachinhas salgadas.



Notas:

- Ao resto de obazda que sobrou, juntei um pouco de leite e tornou-se um molho para massas delicioso. Imagino que também descansaria muito bem em cima de uma massa de pizza, mas isso ficará para a próxima.

Fontes – As bolachas são do blog Caos na Cozinha e o obazda foi adaptado a partir da receita do blog Fatias Douradas.

19 comentários:

  1. Ui deu-me cá uma fome só de pensar no molho de obazda num esparguete ou fetucini (o meu estomago até roncou!).

    ResponderEliminar
  2. Uma receita bastante interessante, fiquei rendida, bjs.

    ResponderEliminar
  3. Essas bolachinhas também estão na minha lista ;) O(A?) Obazda não conhecia mas tem queijo, logo deve ser bom :)

    Beijinhos,
    Carlota

    ResponderEliminar
  4. Obazda? Estás na minha lista! Vou ter que experimentar esta novidade! Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Mmmmm,vou fazer com certeza.O marido - que é todo natural - vai adorar! Obrigada pela dica. Beijos

    ResponderEliminar
  6. Essas bolachinhas parecem fabulosas!!! Ahhh, vou fazê-las aqui em casa, assim que puder.. que delicia!!
    Bjo grande,

    Mari

    ResponderEliminar
  7. Adoro estes petiscos e envolvendo queijo é receita ganha :)

    ResponderEliminar
  8. Amiga,
    Que bolachas lindas,devem estar deliciosas, e com queijo que gosto tanto,humm vou gostar:) vai para a minha lista.



    bjs

    ResponderEliminar
  9. Gasparzinha adorei essas bolachinhas, e com essa Obazda, vai ser uma perdição.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Quando vi essa receita no Blog da Mariana fiquei logo encantada, agora vejo-as aqui e ficou-me a crescer água na boca, mas está tanto calor para ligar o forno que acho que vou ter que esperar. A outra coisa do nome esquisito, naão conhecia mas também gostei heheeh
    Beijocas
    Moira

    ResponderEliminar
  11. Olá
    Não conhecia a obazda,as bolachinhas já as tinha visto.Parecem-me muito bem as 2!
    Bj

    ResponderEliminar
  12. A combinação das bolachinhas com a obazda deve ter ficado incrível. Deu água na boca.

    Beijos!

    ResponderEliminar
  13. Obrigada pelo elogio e por teres experimentado e partilhado a receita! Li o comentário quando a fizeste e a questão de ficar mais líquida do que esperado pode ter a ver com o volume de cerveja.
    A combinação com estas bolachas não é bávara, é bárbara!
    Bjs

    ResponderEliminar
  14. Estas bolachinhas perseguem-me e não vou descansar enquanto não as fizer. E já agora o Obazda também, que me deixou com água na boca!
    beijocas

    ResponderEliminar
  15. Amiga, estas bolachas ficaram profissionais - que perfeiçao! Um abraço
    Léia

    ResponderEliminar
  16. Mais umas combinações originais>! Gostei bastante! bjinho

    ResponderEliminar
  17. Já anotei as 2 receitas, muito interessante!
    Bjs.

    ResponderEliminar
  18. Gasparzinha, aposto que os lanches em tua casa são tudo menos monótonos!
    Nas alturas de maior azáfama davas-me muito jeitinho! hehehe:)
    Estas bolachinhas são perfeitas para eu roer no trabalho (imagina)! lol

    ResponderEliminar