domingo, 29 de Março de 2009

Iogurtes Sólidos e Líquidos - Receita Base e Dicas

Para quem quiser começar a fazer iogurtes caseiros, deixo aqui a receita base que uso para os sólidos e para os líquidos.
Pode parecer difícil, mas depois de se fazer uma vez, é um instante enquanto se torna um hábito.
Saudáveis e saborosos, prestam-se a combinações intermináveis, e quando se acerta com o doce e a consistência que mais nos agradam, não queremos outros! ☺

Dicas:

- No processo de fermentação dos iogurtes a temperatura é um factor fundamental.
Se a mistura estiver demasiado quente, os microorganismos morrem e não se reproduzem, se estiver baixa, poderá não ser suficiente para que eles se reproduzam. 50ºC é a temperatura ideal para a fermentação decorrer nas melhores condições.

- Pode ser usado leite magro, meio gordo ou gordo, à temperatura ambiente.
Caso queira os iogurtes bem consistentes, se usar leite magro é conveniente deixar que fermentem mais 2 horas.

- O leite em pó contribui para que os iogurtes fiquem com uma boa consistência, mas se usado em excesso altera o sabor.

- No caso de usar uma receita com ingredientes pulverizados, como bolacha ou coco, utilizo apenas 1 c. sopa de leite em pó, pois a bolacha já irá dar mais consistência ao iogurte.

- Utilizo sempre um iogurte natural de marca branca, com a máxima validade disponível, mas pode-se usar 1 iogurte caseiro dos últimos feitos.

- Para fazer iogurtes com fruta fresca, esta deverá ser sempre pasteurizada, devendo para tal fervê-la com açúcar e deixar arrefecer antes de juntar o leite. Se não o fizer, muito provavelmente os iogurtes ficarão talhados (ganham uma aguadilha esfarripada).
No entanto, há frutas cujas enzimas dificultam a fermentação (morangos, ananás natural, por ex), aumentando a probabilidade dos iogurtes talharem, mesmo que sejam previamente cozidas. Nestes casos, prefiro distribuir compota de morango por cada um dos copinhos e verter por cima a mistura de iogurte natural para fermentar. Assim resulta sempre.

- Se não tiver iogurteira, distribua a mistura por copinhos com tampa. Embrulhe-os numa manta polar e deixe-os a fermentar durante 10 a 12h no forno já desligado, previamente aquecido a 50ºC.

- Além dos que vinham com a iogurteira, utilizo os copinhos dos iogurtes da marca EMMI. São os únicos que conheço em copo de vidro com tampa de plástico reutilizável, além de caberem na minha iogurteira.
Devem ser esterilizados antes de se colocar o iogurte (eu nem sempre o faço…).
Evite usar recipientes de plástico na fermentação do iogurte, pois são ambientes propícios ao aparecimento de micróbios.
Se usar recipientes com tampa de metal, tenha atenção ao eventual aparecimento de ferrugem. Para maior segurança, sugiro que coloque película aderente entre os copos e a tampa.

Photobucket

Iogurte Sólido

1 L de leite (800 g para 6 copinhos da minha iogurteira)
2 c. sopa de leite em pó
40 g de açúcar
1 iogurte natural (125 g)

Iogurte Líquido

1 L de leite
2 c. sopa de açúcar
1 c. sopa de iogurte natural

_________________________________________

thermomix_bimby

Iogurte Sólido

Aqueça o leite, o açúcar e o leite em pó: 4 min/50ºC/vel 3.
Junte o iogurte e misture 15 seg/vel 4.

Divida a mistura por frascos de vidro com tampa. Abafe bem os frascos com uma manta polar e leve ao forno pré-aquecido a 50ºC (mas desligado) durante cerca de 12 horas. Se tiver uma iogurteira, deixe os iogurtes fermentarem lá durante o mesmo número de horas.

Iogurte Líquido

Aqueça o leite 4 min/50ºC/vel 3.
Junte o açúcar e o iogurte e misture 15 seg/vel 3.

Retire o copo (eu prefiro fermentar o iogurte num jarro de vidro com tampa) e embrulhe-o numa manta polar.
Deixe fermentar dentro do forno durante 8 horas.

Deite novamente a mistura no copo e misture 30 seg/vel 3-4, para ficar homogéneo.
Coloque numa garrafa ou jarro de vidro e conserve no frigorífico.

tradicional

Iogurte Sólido

Aqueça o leite apenas até uma temperatura em que consiga aguentar lá o dedo durante uns segundos.
Misture o açúcar e o leite em pó com o iogurte mexendo com vigor e adicione esta mistura ao leite, incorporando bem.

Divida a mistura por frascos de vidro com tampa. Abafe bem os frascos com uma manta polar e leve ao forno pré-aquecido a 50ºC (mas desligado) durante cerca de 12 horas. Se tiver uma iogurteira, deixe os iogurtes fermentarem lá durante o mesmo número de horas.

Iogurte Líquido

Aqueça o leite apenas até uma temperatura em que consiga aguentar lá o dedo durante uns segundos.
Misture o açúcar com o iogurte mexendo com vigor e adicione esta mistura ao leite, incorporando bem.

Deite a mistura num jarro de vidro com tampa e embrulhe-o numa manta polar.
Deixe fermentar dentro do forno durante 8 horas.

Depois deste tempo, bata o iogurte até obter uma mistura homogénea.
Coloque numa garrafa ou jarro de vidro e conserve no frigorífico.

Notas:

- O iogurte sólido é feito seguindo a receita da Psychic.

- Pode ver a receita de iogurte natural de soja aqui.

- Pode ver a receita de iogurte líquido de soja aqui.

90 comentários:

  1. Gasparzinha
    Este post é um tratado para quem se quer iniciar,belas dicas.
    Este fim de semana,já saíram 3 fornadas de iogurtes diferentes....
    bj

    ResponderEliminar
  2. óptimas dicas para quem quer começar. Fazer iogurtes em casa vale mesmo, mesmo, mesmo a pena! Experimentem :)

    ResponderEliminar
  3. Liquidos é que ainda não me aventurei...cria uns frasquinhos, mas a tua ideia da garrafa é muito boa...pena que não posso mandar-lhes para a escola...

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Obrigada pelas dicas preciosas, só há cerca de 2 meses é que comecei a fazer iogurtes em casa e nem sempre saiem bem :(
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. boa tarde fiz 2 vezes iogurtes 1 de coco e outra kivi e maca pois não gostei ficam likidos e o sabor estranho pois fiz como ta no livro os de coco os outros ficaram com agua em baixo e saiem sempre likidos meti no forno a 50graus bem abafados durante 12 horas depois coloquei no frig gostava ke me pudesse ajudar agradecia

      Eliminar
    2. Quanto aos de coco, é uma receita que não costuma falhar, é apenas uma questão de gosto em relação à presença dos flocos de coco e até se acertar com a consistência (a consistência depende muito do tempo e temperatura certa, 50ºC, de fermentação).
      Quanto aos de kiwi, é uma fruta que como explico no tópico, pelas enzimas que tem, dificulta muito a fermentação, pelo que sugiro que se faça uma compota rápida, se coloque a compota no fundo dos copos, e só então se prossiga a receita da mistura de iogurte, que se coloca nos copos sobre a compota, para fermentar.
      Espero ter podido ajudar! :)

      Eliminar
  6. Ainda bem que gostaram das dicas. Assim todas reunidas torna-se mais prático para ajudar quem está a começar.

    Samma, em relaçãos aos iogurtes líquidos, em casa, bebe-se num copo, para levar, uso garrafinhas de nectar. Coloco película aderente entre a tampa de metal e a garrafa e resolvi assima questão. :)
    São ainda mais fáceis de fazer do que os sólidos, e ficam mesmo bons. Temos é que lavar muito bem o copo e l
    amina da bimby, eu faço-o com umas gotas de vinagre,para ficar sem nenhum resíduo de comida, pois é ali que o iogurte vai fermentar durante 8 horas.

    Beijinhos. :)

    ResponderEliminar
  7. Se tu soubesses ao tempo que eu ando para experimentar fazer os iogurtes!!!!
    Bem, tem mesmo de ser!
    Com estas imagens fantásticas, alguém consegue resistir???

    ResponderEliminar
  8. Olha que dicas porreiras!

    Estou a adorar a tua etiqueta iogurtes. Vai-me ser muito útil.

    Podes inventar mais nesta rubrica que eu agradeço :-D

    ResponderEliminar
  9. Gasparzinha, estes frasquinhos q falas dos iogurtes EMMI dao pr utilizar na iogurteira?
    E tua por acaso é a da ARIETE a YOGURELLA?
    Queria arranjar outros frasquinhos, pq assim preciso sp de acabar com os outros para fazer novos...
    E li no Forum o teu comentário sobre estes frasquinhos...

    Bjs

    ResponderEliminar
  10. Carlinha, exactamente.
    A minha iogurteira é a Iogurella, da Ariette, e cabem lá 6 copinhos de iogurtes da Emmi.
    Só os vi à venda no Continente e esporadicamente no Modelo, mas são ideais para este fim e muitos outros.
    Uso-os para o pesto, molhos, doces...

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  11. Obrigado pela resposta gasparzinha.
    Vou procurar estes iogurtes então para ter mais 6 frasquinhos pr fazer iogurtes HEHEHE...

    Beijocas e bom fim-de-semana ;)

    ResponderEliminar
  12. Fiz agora o iogurte líquido, mas não coloquei o açúcar porque tive a ideia de bater com mel antes de por no frigorífico. Será que vai dar certo? Pena que só agora vi a sua dica do vinagre para lavar o copo. Bom... Amanhã veremos. Mais uma vez obrigada pelo delicioso blog. Hoje fiz o bifinhos rolê com purê e fizeram sucesso. O que sobrou triturei na Bimby e amanhã serão um belo molho para um spaghetti. Beijos.

    ResponderEliminar
  13. Aline, não vejo porque não há-de resultar.
    Eu agora quando faço iogurte líquido, fermento-o no jarro de vidro onde depois o guardo no frigorífico.
    embrulho-o na manta polar e deixo dentro do forno desligado a fermentar, assim já não há cá sabor a comida! :)
    Depois de fermentar, deito no copo da bimby, misturo uns segundo em vel 4, deito novamente para o jarro de vidro e coloco no frigorífico.

    Que bom que gostastes dos bifinhos rolé! Quando me sobram coisas com molho tb faço sempre o mesmo: trituro tudo e depois torna-se um molho de pizza delicioso. :)

    Beijinhos e boa semana.

    ResponderEliminar
  14. obrigada!!!
    acabei de comprar uma iogurteira e o livro de instruções é zero!!!!
    obrigada pela explicação!

    ResponderEliminar
  15. Gasparzinha, para pasteurizar a fruta tem que se usar açúcar? Se quiser fazer um iogurte sem açúcar como poso pasteurizar? Posso substituir por adoçante?

    ResponderEliminar
  16. Tata, embora eu não tenha conhecimento científico destas coisas, o que sei é que a pasteurização é feita com a temperatura, a presença de açúcar não interfere, pelo que podes não usar, não há problema.
    quanto ao uso de adoçante, eu sinceramente não sou fã, pois é um produto cheio de químicos e substância pouco naturais. É preferível usares açúcares menos refinados, como o amarelo ou o demerara, e em menor quantidade, ou então substituíres por um pouco de mel.
    Espero ter ajudado. :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Ola GAsparzinha...

    Que ricas receitas de ioogurtes...são de criar água na boca.
    OLha....onde compraste os copos que referes neste post? Os copos da marca EMMI? Talvez sirvam para a minha iogurteira , ja se partiu um copo...preciso de repor o stock...lool!

    ResponderEliminar
  18. Sara, eu refiro que os copos são os dos iogurtes da Emmi, cujos copos cabem na iogurteira da Ariette e da Moulinex, permitindo fazer novas fornadas. :)
    Que bom que gostaste.

    ResponderEliminar
  19. Gasparzinha,
    Não podia deixar de agradecer a ajuda! Este fim-de-semana iniciei-me no Mundo dos iogurtes, com este post sempre ao lado, e ficaram fantásticos!! Estou desejosa de começar a fazer experiências :)
    Um beijinho, Liliana

    ResponderEliminar
  20. Liliana, que bom, fico mesmo contente.
    Agora é continuar. :)
    Bjnhos

    ResponderEliminar
  21. Qual é a quantidade de açucar que se tem de adicionar e a quantidade fruta na varoma para pasteurizar? obrigado

    ResponderEliminar
  22. Olá Catita :)
    Eu costumo usar cerca de 150 a 200 g de fruta nas receitas de iogurte e coloco até metade desse peso em açúcar. Depois são cerca de 8/10 min na temp Varoma, até que ferva durante alguns instantes.

    ResponderEliminar
  23. Obrigada pelas dicas, mas surgiu-me uma duvida, os igourtes liquidos não podem fermentar na iogurteira também?
    Nos iogurtes liquidos fiquei com a sensação que usas a tecnica do abafo....

    Obrigada.

    Beijinhos,

    ResponderEliminar
  24. De facto eu costumo fermentar os iogurtes líquidos fora da iogurteira. Como neste caso já não se procura um iogurte muito consistente, prefiro fermetná-lo no jarro de vidro onde depois o guardo no frigorífico. depois de fermentar envolvo bem, para ficar uma mistura homogénea, e guardo no frio.
    Mas se preferires, podes fermentar à mesma nos copinhos da iogurteira.
    Bjs :)

    ResponderEliminar
  25. ola gasparzinha, ainda tenho uma duvida aquece o forno para os iogurtes liquidos ou so para os solidos?

    ResponderEliminar
  26. Olá sofia :)
    Para fermentar os iogurtes líquidos nõa costumo pré-aquecer o forno.
    Como não se pretende que fiquem sólidos, não é necessário.
    Bjs

    ResponderEliminar
  27. Olá,

    Deparei-me com este tópico com tudo organizadinho e voltei a pensar no assunto dos iogurtes caseiros. Entretanto surgiram-me 2 questões:

    - Será possivel fazer-se iogurtes cremosos como por exemplo os gregos?
    - Se quiser fazer iogurtes magros basta trocar o leite gordo ou meio gordo por magro ou há mais algum passo?

    Obrigada e parabéns pelo blog. :)

    ResponderEliminar
  28. Olá Ana :)
    Obrigada pelas palavras tão simpáticas.

    Quanto às questões colocadas, vou tentar ajudar:
    - Para os iogurtes gregos, eu costumo fazer iogurte normal, como o desta receita, e depois deixo a coar com um pano fino no frigorífico de um dia para o outro para coar o soro e torná-lo mais espesso. Se quiser, pode tambem juntar trocar 200 ml de leite por igual quantidade de natas, o que o tornará mais cremoso, mas tb bastante mais calórico.

    - Para os iogurtes magros, basta usar leite magro (tanto o líquido como o leite em pó e, se quiser, omitir o açúcar ou trocá-lo por um adoçante natural menos calórico.

    Espero ter conseguido ajudar.
    Beijinhos e bons iogurtes! :)

    ResponderEliminar
  29. Olá!
    Tenho uma dúvida, ao distribuir pelos frascos e deixar a fermentar, devo fecha-los ou deixar abertos?
    Tenho outra dúvida...as iogurteiras não funcionam a 50C (elas não estão quentes) e mesmo se embrulharmos os frascos, eles não ficam a 50 graus as 13 horas...
    Obrigada,
    Rita

    ResponderEliminar
  30. Olá!
    Acabei de fazer iogurte sólido usando a receita do livro da bimby e ficaram liquidos....estão quase iguais ao que estavam ontem à noite...porque será?
    Tenho um duvida: os frascos tampam-se ou deixam-se tapar durante a fermentação? Eu fechei, mas na dúvida...
    Outra pergunta sobre a fermentação...a fermentação não pode ocorrer a 50 graus durante o tempo todo...as iogurteiras não estão quentes, estão morninhas se tanto...nem se consegue manter 50 graus com mantas...
    Muito obrigada,
    Rita

    ResponderEliminar
  31. Olá Rita :)

    Eu costumo fermentar os iogurtes com os copos tapados, mas tb há quem o faça com eles destapados e resulta das duas formas.

    Qual foi a receita que usou, a do livro base Receitas Essenciais, ou o mais antigo, com a capa amarela?

    Eu faço sempre o iogurte natural conforme esta receita do post e resultam sempre bem.
    A Bimby aquece a mistura temperatura 50ºC, que depois mantemos na fermentação ou abafando os copinhos, ou com uma iogurteira. A função da iogurteira é precisamente manter essa temperatura, conforme vem indicado no manual de instruções.
    Com mais ou menos oscilações, acredito que é o que acontece pois os meus iogurtes fermentam sempre bem.

    Caso agora no Inverno sinta que a sua casa está muito fria, pode embrulhar a iogurteira numa mantinha polar para reforçar a manutenção da temperatura.

    Espero ter ajudado. :)

    ResponderEliminar
  32. Olá Susana,

    Surgiu-me aqui uma questão e acho que ainda não foi colocada: o iogurte base pode não ser natural? Aroma de morango, ou de outra coisa qualquer?

    Iniciei-me nos iogurtes com a receita do iogurte de côco aqui do blog e correu lindamente! :D

    Obrigada

    ResponderEliminar
  33. Ana, podemos usar qualquer iogurte como base, sem problemas.
    Fico contente que a primeir experiência tenha sido bem sucedida! :)
    Bjs e bons iogurtes.

    ResponderEliminar
  34. Olá Susana,
    Vou aventurar-me este fim de semana a fazer iogurtes líquidos, acho que com estas dicas vou conseguir!!! Agora tenho duas dúvidas: posso utilizar fruta também? Como faço para que fique com aroma ? E que validade têm depois de feitos?
    Desde já obrigada pelas excelentes dicas ;)
    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  35. Cris, para usares fruta tens que cozinhá-la primeiro, o melhor é seguires uma receita já testada, tenho cá várias no blgoue. Algumas frutas o melhor é colocares essa mistura no fundo dos copinhos e depois fermentares o iogurte simples em cima.
    Iogurtes de aroma, tirando laranja/limão/canela/baunilha (em que fazemos a infusão) só consegues com o recursos a aromas artificiais, eu não gosto de usá-los.
    A validade sigo a do iogurte natural que uso como base, mas tb nunca duram mais de 1 semana até serem comidos. :)
    Sugiro que comeces pelos mais simples, iogurte natural, esses saem sempre bem!
    :)
    Beijinhos e bons iogurtes.

    ResponderEliminar
  36. Olá Gasparzinha,

    fiquei muito curiosa em experimentar fazer iogurtes na bimby. Tenho uma dúvida, li que posso fazer também com um iogurte de aromas,em vez do natural, mas não sei se posso fazer com um de polpa. Será possível?
    Obrigada pela atenção.
    Luana

    ResponderEliminar
  37. Olá Luana :)
    Podes usar como base qualquer iogurte a teu gosto. Eu gosto mais de usar natural, pois são mais consistentes, mas podes escolher outro. :)
    Boa sorte para os iogurtes!
    Bjs

    ResponderEliminar
  38. Obrigada pela ajuda. Vou experimentar.
    Bjs
    Luana

    ResponderEliminar
  39. Olá
    Recentemente adquiri a minha Bimby, uma das primeiras receitas que fiz foram os iogurtes. No entanto ficaram um pouco líquidos. Não ficavam com a consistência que eu queria, e experimentei todas as dicas para os abafar. Sim tenho uma iogurteira já com alguns anos, desde que tenho a Bimby ainda não a experimentei, isto porque descobri que se colocar os iogurtes num saco térmico também para quente abafados com a tal manta polar e um saco de água quente, os iogurtes ficam com uma consistência muito boa.

    ResponderEliminar
  40. Olá Vanessa, mais uma boa dica, obrigada. E que bom que os iogurtes ficam como gostas! :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  41. Olá! Antes de mais, parabéns pelas dicas..são bastantes úteis.
    Precisava de uma ajudinha...Ontem iniciei-me nos iogurtes. Fiz a receita do livro base, qd terminou coloquei num recipiente só, (em vez de copinhos, pois n os tenho ainda) que já tinha ido ao forno para esterilizar, pus no forno já desligado (mas n abafei com manta...pensei que n fosse necessário uma vez que estariam no forno quente).
    Resultado: passaram lá a noite e hoje de manhã estão exactamente na mesma!!! Líquidos!!! :(
    A minha questão é...já n há solução, pois n? Terei de mandar fora e tentar fazer de novo?
    Obrigada*
    Elza

    ResponderEliminar
  42. Elza, mesmo no forno, têm que fermentar sempre muito bem abafados, para que se conservem a 50ºC durante a fermentação. Mas podem ser aproveitados, ficam com consistência de iogurte líquido.
    :) Bjs

    ResponderEliminar
  43. Muito útil!Ontem acabou de chegar cá a casa a iogurteira da SEB (Tefal)que infelizmente não se vende cá em Portugal.nAs expectativas são altas,só li bons comentários a esta máquina,e além disso ela é gira , nada como as iogurteiras que vemos cá.Fizemos iogurte natural açucarado (3 un) e com compota de frutos vermelhos(3 un), ainda não terminou o tempo todo e já têm bom aspecto :).Mais tarde vou provar o sabor!!

    ResponderEliminar
  44. Olá Liliana, espero que os iogurtes estejam mesmo ao gosto aí de casa!
    Bjs :)

    ResponderEliminar
  45. Olá Susana

    Já fiz os iogurtes sólidos, fiz tudo como está na receita, só que depois de feitos ao colocar a colher ficaram cremosos. O que devo fazer para ficarem mais sólidos e quantos dias podem ficar no frigorifico depois de feitos (validade).

    Adoro o seu blog.

    Bjs da Inês Rocha

    ResponderEliminar
  46. Olá Inês,
    A consistência dos iogurtes depende do tipo de leite (quando mais, gordo, mais consistentes ficarão), da utilização ou não de leite em pó e principalmente do tempo de fermentação e forma como são abafados os frasquinhos.
    Se não ficaram suficientemente consistentes, sugiro que deixe fermentar mais tempo e bem embrulhados na próxima vez (eu deixo entre 10 a 12h).
    Um dia depois de estarem no frigorífico é que ficam mesmo bem sólidos, apesar de se poderem comer logo que fiquem frecos.
    Seja como for, ao mexer coma colher, ficam sempre mais cremosos, mas isso tb acontece com os de comprar.

    Quanto à validade, os iogurtes são um produto de curta duração, pelo que devem ser consumidos dentro de 5 a 6 dias.

    Espero que os próximos fiquem ainda melhores!! :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  47. Mesmo depois de tanto tempo esse post continua ajudando...acabei de mandar o link para a sobrinha no Brasil :)Obrigada linda!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom! Espero que os iogurtes tb tenham sido aprovados no Brasil! :)

      Eliminar
  48. Olá! Bem... acabei de provar o primeiro iogurte feito por mim. Usei 1 litro de leite gordo, dois iogurtes naturais (isto porque não queria usar leite em pó) e 3 colheres de açucar. Não ficaram sólidos... quando abri o frasco até parecia mas depois de pôr a colher ficou líquido... :( Deixei na iogurteira umas 14 horas... devia ser suficiente não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria, usar 2 iogurtes naturais, não vai tornar o iogurte mais consistente. O que faz isso, mais do que o leite em pó, é o tempo de fermentação. Quanto mais tempo estiverem a fermentar, mais consistentes ficam.
      O facto de não terem solificado está provavelmente relacionado com isso... Usou uma iogurteira ou o método de abafar?
      14 horas é tempo suficiente, mas se não forem abafados devidamente ou se o leite estiver demasiado quente quando se junta o iogurte base, a mistura acaba por não fermentar.

      Eliminar
    2. Olá!
      Usei iogurteira. O leite eu não o aqueci... foi à temperatura normal. Leite nova açores gordo. Em relação ao fermento que se usa, já li que podemos usar algo que se pode comprar nas farmácias, será coalho?


      Obrigada

      Eliminar
  49. Maria, na receita que tenho aqui neste post, o leite é primeiro aquecido, apenas para amornar. Deve estar à volta dos 50ºC (devemos conseguir colocar o dedo e antê-louns segundo sem queimar). E depois na fermetnação mantém-se essa temperatura.
    O coalho é para o queijo fresco.
    Bjs

    ResponderEliminar
  50. Só uma coisa, o leite que comprei não é leite do dia. Sendo leite de caixa tem de ser aquecido na mesma? Já fez alguma vez com leite mesmo fresco da vaca?

    ResponderEliminar
  51. Maria, eu faço tanto com leite UHT (o de pacote tetrapack)como com leite do dia.
    Ficam bons com os dois, mas sendo o leite do dia de melhor qualidade, isso tb se reflecte nos sabor dos iogurtes.
    Com leite fresco da vaca nunca fiz.

    ResponderEliminar
  52. Ok, obrigada. Vou então fazer os próximos aquecendo o leite. Acha completamente indispensável usar o leite em pó? Não sei se nos próximos que vou fazer se devia só aquecer o leite ou se deveria também acrescentar o leite em pó..

    Onde posso comprar mais copinhos? É que aqui no pico não há... :(

    ResponderEliminar
  53. Maria, o leite em pó é dispensável, sem problemas. :)
    Se não quiseres transportar os iogurtes, podes simplesmente usar copinhos de outros iogurtes, tapando com papel de alumínio.
    Para teres copinhos com tampa segura, eu uso os da marca EMMI, que por aqui se vendem nos hipermercados e em alguns Pingo Doce e Mini Preço e têm tampa reutilizável.

    ResponderEliminar
  54. Ok, Obrigada por todas as dicas. :) Da próxima vez vou então fazer aquecendo o leite e não colocando leite em pó. Colocando só um iogurte natural. O colocar um iogurte grego em vez de um normal, vai fazer diferença na cremosidade?


    Obrigada mais uma vez e peço desculpa por todas estas perguntas.

    ResponderEliminar
  55. Mas esses copos são com iogurtes ou são mesmo só os copos?

    ResponderEliminar
  56. Maria, eu uso sempre como base o iogurte natural mais simples de todos, usar um grego não fará diferença.
    Quanto aos copos, são com iogurte, a EMMI é a marca do iogurte, que como têm uma tampa de plástico reutilizável, são perfeitos apra depois os usarmos para fazer os nossos próprios iogurtes.
    :) bons iogurtes!

    ResponderEliminar
  57. Boa tarde,

    Antes de mais, muitos parabéns pelo excelente Blog!

    Tenho uma dúvida, posso utilizar nesquik de morango para fazer iogurtes sólidos na bimby?

    A preparação é a mesma do livro base?

    Muito obrigado pelo apoio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Presumo que seja leite nesquik de morango, é isso?
      Esse género de leite costuma ter aditivos pelo que não sei como funcionarão se usados na preparação de iogurte... Nunca experimentei.
      Nada como tentar! :)
      bjs e uma Páscoa feliz.

      Eliminar
  58. Presumo que seja leite nesquik de morango, é isso?
    Esse género de leite costuma ter aditivos pelo que não sei como funcionarão se usados na preparação de iogurte... Nunca experimentei.
    Nada como tentar! :)
    bjs e uma Páscoa feliz.

    ResponderEliminar
  59. Agradeço a sua rápida resposta.

    Não, referia-me ao pó. Pode ser utilizado? E devo colocar o pó em que passo?

    Bom fds e boa páscoa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tinha entendido. Pode juntar no passo em que aquece o leite a 50ºC.
      Bjs :)

      Eliminar
  60. boa tarde, gostava de tirar uma duvida fiz os iogurtes na bimby receita base depois passei para os copinhos da iogurteira, deixei ficar toda a noite e no fundo o iogurte ficou meio acastanhado, como se estivesse queimado alguém me pode ajudar? terei que cortar no leite em pó. agradeço a ajuda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinceramente tb não sei o que possa ser, é muito estranho, mas certamente não é pelo leite em pó, pois nunca me ficaram assim.

      Eliminar
  61. obrigado pela ajuda, vou tentar de novo. Posso dizer que os liquidos ficaram um espetaculo, fiz com frutos do bosque e estão uma delicia

    ResponderEliminar
  62. Olá Susana,
    sou seguidora do seu blog e ADORO, parabéns pelo excelente trabalho.
    Comprei uma bimby há 2 meses e aventurei-me nos iogurtes para dar à minha bebé de 6 meses. Segui a receita base e depois de 10h a fermentar no copo da bimby, quando abri tinha uma camada de espuma grossa. Mexi e ficou com uma consistência cremosa, transferi para os copos de vidro e levei ao frigorífico. Passadas 6h dei um à minha bebé e continuava com a mesma consistência. Achei que iam ficar mais sólidos... Tem alguma sugestão para isso acontecer?
    Obrigada.

    ResponderEliminar
  63. Fiz recentemente Petit Suisses de Morango na Bimby! Deixei-os a fermentar a noite toda e de manhã quando fui colocá-los no frigorífico reparei que estava com duas camadas diferentes. Em baixo estava o morango e por cima o iogurte. Nenhuma das receitas e fotos que vi referiam isto. É possível ter sido por alguma razão? Segui a receita à risca.
    Obrigada :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana, aqui no texto onde deixo algumas dicas, falo das dificuldades de fazer iogurte com algumas frutas. Pela descrição, esse iogurte talhou. :(

      "- Para fazer iogurtes com fruta fresca, esta deverá ser sempre pasteurizada, devendo para tal fervê-la com açúcar e deixar arrefecer antes de juntar o leite. Se não o fizer, muito provavelmente os iogurtes ficarão talhados (ganham uma aguadilha esfarripada).
      No entanto, há frutas cujas enzimas dificultam a fermentação (morangos, ananás natural, por ex), aumentando a probabilidade dos iogurtes talharem, mesmo que sejam previamente cozidas. Nestes casos, prefiro distribuir compota de morango por cada um dos copinhos e verter por cima a mistura de iogurte natural para fermentar. Assim resulta sempre."

      Beijinhos,
      Susana

      Eliminar
  64. Olá,

    numa rápida pesquisa pelo google encontrei estas dicas super práticas. No entanto estou com algumas dificuldades em fazer iogurtes como deve ser e gostava de uma ajudinha, se possível.
    Comprei recentemente uma iogurteira no lidl e a primeira vez que fiz iogurtes ficaram uma miséria mas já percebi porquê: levaram puré de fruta sem ser pasteurizada e ficaram talhados. Acabei por deitar fora.
    Esta noite voltei a fazer iogurtes normais, apenas deitei algumas gotas de aromas/essências mas, apesar de terem ficamo melhorzinhos, continuam a ganhar muita água (soro, creio eu) por cima e ficam muito irregulares, ou seja não ficam "colados" ao copo, no cimo.
    Algumas dicas para estes problemas?

    Parabéns pelo blogue!

    Sofia
    http://www.paladarescompanhia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sofia,
      Em relação à primeira tentativa, o desaire está explicado.
      Nesta segunda, nunca fiz iogurtes com aromas/essências, pois procura mantê-los o mais naturais e saudáveis possível e esse tipo de produtos têm sempre aditivos e químicos que tb não sei como reagem no processo de fermentação.
      Quanto ao soro, é normal, tal como nos de compra, se não gostar, pode sempre escorrer antes de comer.
      Eu recomendo sempre que se comece pelos iogurtes simples, naturais, apenas leite + iogurte + açúcar e eventualmente leite em pó se os quisermos mais consistentes. É a melhor forma de se eliminar outras variáveis que não a temperatura para podermos fazer os ajustes necessários caso não fiquem mesmo ao nosso gosto.
      Espero ter podido ajudar. :)
      Beijinhos e bons iogurtes,
      Susana

      Eliminar
    2. Susana,

      em relação ao soro, acho que este é excessivo. Os de compra não trazem tanto como aqueles que fiz.
      Há no entanto um pormenor: o copo que ficou no meio dos outros, isto é no centro da iogurteira, foi o único que ficou mais homogéneo e não ganhou o soro por cima, tendo este concentrado-se no meio do iogurte. Importa também dizer que esse iogurte levou aroma, portanto creio que o problema não será dos aromas...
      Vou tentando encarreirar.
      Obrigada pelas dicas.

      Um beijinho

      Eliminar
    3. Sofia, soro no meio não é suposto, normalmente é sinal de que os iogurtes talharam. O soro de que faço é apenas à superfície, como nos de compra.
      É possível que estando o tempo muito quente, se a sua cozinha for muito quente, que a iogurteira não mantenha a temperatura adequada por excesso de calor, não encontro outra explicação.
      Mas a minha sugestão é que nos próximos experimente a receita o mais simples possível.
      Beijinhos,
      Susana

      Eliminar
  65. Olá, obrigada pelas receitas saborosas e dicas fantásticas. A minha iogurteira tem alguns anos e as tampas dos copinhos estão ressequidas deixando passar um sabor estranho para os iogurtes. Posso usar copinhos com tampas metálicas ou tenho de comprar copinhos novos? Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)
      Cá em casa não uso frascos com tampa de metal para os iogurtes porque tenho medo que acabem por ganhar ferrugem. Quando não uso os da iogurteira, o que faço é tapar com folha de alumínio, mas aí só dá para comer em casa.
      Se couberem na tua iogurteira, experimenta os frascos dos iogurtes EMMI, são de vidro e têm umas tampinhas de plásticos reutilizáveis, são óptimos.
      Beijinhos.

      Eliminar
    2. Obrigada, Susana. Bjts

      Eliminar
  66. Olá, fiz iogurtes a primeira vez. A receita simples com leite, açúcar, iogurte de aroma e leite em pó. Deixei os frasquinhos a fermentar embrulhados em dois panos, dento de dois sacos e embrulhado numa manta polar dentro do forno previamente aquecido a 50º.
    De manhã estavam sólidos mas com uma consistência estranha. Como hei-de explicar....meti a colher e o iogurte vinha agarrado tipo queijo derretido. Mexi com a colher e deixou de acontecer isso mas então ficaram muito líquidos. Não sei o que estou a fazer mal.
    Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá :)
      Pela descrição, o que aconteceu é que provavelmente não fermentaram o tempo suficiente, pois é com esse aspecto que ficam quando assim é.
      Como está muito frio nesta altura do ano, sugiro que deixe a fermentar mais horas, entre 10 a 12.
      Mas seja qual for a consistência com que fiquem, tal como os de compra, depois de mexermos ficam sempre mais líquidos.
      Um beijinho e bons iogurtes :)
      Susana

      Eliminar
    2. Olá Susana
      Tenho dois grupos no FB sobre comida, um dos quais sobre iogurtes que é bastante recente. Comprei a iogurteira Multidelices da marca SEB e criei o grupo porque os manuais/receitas são em Francês ou Espanhol. Queria a tua autorização para partilhar este link do teu blog porque me pareceu super útil. Quando fazia os iogurtes na Bimby e abafava usava o leite em pó, mas fermentando na iogurteira acho que dá um toque farinhento e deixei de usar. Tenho usado receitas da Bimby, mas as revistas têm muito poucas receitas de iogurtes. Outra coisa que experimentei foi misturar os ingredientes sem aquecer, porque nas receitas da iogurteira isso não aparece. Sinceramente não cheguei a nenhuma conclusão, porque ficam bons e consistentes das duas formas.
      Obrigada e beijinhos

      Eliminar
    3. Olá Alexandra, podes partilhar o link, sem problema. :)
      Um beijinho!

      Eliminar
    4. Obrigada Susana
      As revistas da Bimby trazem poucas receitas de iogurte, mas o teu blog é muito útil, para iogurtes e não só. A Vorwerk devia publicar um livro de só de iogurtes, tenho o teu livro e ADORO!
      Um dia destes combinamos para mo assinares, também AMO as tuas fotos!
      Beijinhos

      Eliminar
  67. Olá,
    acabei agora de fazer pela primeira vez, na iogurteira, iogurtes sólidos naturais com adoçante Stevia.
    Só me resta esperar até amanha.
    Depois venho cá dizer como ficaram .
    Beijinho Susana e bem haja por este blog magnifico .
    PS: Também tenho o seu livro :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom, Elsa, nunca experimentei com stevia, espero que fiquem deliciosos!
      Obrigada pelo teu comentário tão simpático.
      Um beijinho!

      Eliminar
  68. Olá Gasparzinha,
    Sigo sempre com muita atenção as tuas dicas e receitas no mundodereceitasbimby,pois sempre que as experimento o sucesso é garantido, foi assim com as massas frescas e julgo que será assim com os iogurtes.
    Já faço iogurtes sólidos há alguns anos, muito simples porque o meu marido gosta deles naturais magros e com alguma acidez, basicamente é leite magro, iogurte natural magro e 12 a 14 horas de fermentação na iogurteira. A recente aquisição da bimby tornou o processo ainda mais facil, porque aquece o preparado e resultado final ainda é mais feliz.
    Por qualquer razão, só agora me lembrei de fazer os liquidos e ao ler este teu post, reparei que para os liquidos só juntas uma colher de sopa de iogurte, o resultado final é um iogurte liquido cremoso ou fica tipo leite com sabor a iogurte?
    obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Alex :)
      Fico tão contente de saber que as receitas que vais experimentando têm tido sempre sucesso.
      Cá em casa só comemos iogurte caseiro, por isso já são alguns anos a iogurtar :)
      Podes usar sem medo apenas 1 c. sopa de iogurte por Litro de leite, fica um iogurte líquido fantástico. A consistência poderá ser maior ou menor, de acordo com o número de horas que deixes a fermentar. Neste momento, tenho dois litros enrolados numa manta em cima da bancada da cozinha. :)
      Espero que gostes! Depois conta-me como correu.

      Um beijinho,
      Susana

      Eliminar
    2. Gasparzinha,

      O prometido é devido e cá estou eu para contar como me sairam bem os iogurtes liquidos. Optei por deixá-los fermentar na iogurteira, para mim é mais prático, e o resultado final foi um iogurte liquido cremoso e com um sabor fantástico a morango (optei por usar um iogurte de aroma). Muito bons. Uma vez mais obrigada pelos excelentes conselhos.
      beijinhos
      Alexandra

      Eliminar