quarta-feira, 1 de maio de 2019

Shakshuka de favas

Há receitas que têm a palavra mãe em cada garfada.
Para mim acontece com todas as que levam favas, coisa que em pequena detestava e agora tanto adoro. Tanto quanto a minha mãe, com toda a certeza.
Estas são ainda mais especiais , não só por virem diretamente da horta dos meus pais, mas também porque já me chegam cozidas com coentros. Estão prontas para servir de snack em modo “pipocas”, ou para darem o ar da sua graça a qualquer improvisação de jantar.

Aqui a margem para alterações é mesmo grande.
O molho de tomate de forno - que aproveito para fazer quando o uso e guardo congelado quando não uso na hora – pode ser substituído por outro a vosso gosto. As favas podem ser ervilhas, feijão, curgete ou beringela... O creme de caju aparece aqui em vez dos tradicionais ovos, mas também poderia ser tofu esfarelado. E houvesse neste dia coentros e seriam eles a finalizar o prato.


Cá por casa somos todos grandes fãs de favas e nesta frigideira de tomate foram mesmo elas que fizeram a festa!
Chamemos-lhe tomatada de favas ou mais pomposamente shakshuka, ou chamemos-lhe aquilo a que verdadeiramente me sabem a mim: carinho de mãe.



   photo publicar_zpsxn5x9xfo.jpg 

Shakshuka

Para o molho de tomate no forno:
1 lata 800g de tomate em pedaços
4 dentes de alho
Azeite q.b.
1 c. chá de manjericão seco

Para o creme de caju:
3/4 cháv. de cajus demolhados durante 4h
1/2 cháv (120ml) de água
1 c. sopa de sumo de limão
Sal e pimenta preta moída na hora

1 cebola
1 dente de alho
Azeite
1 c. chá de paprika fumada
1 c. sopa de concentrado de tomate
1 cháv (240 ml) de água
2 cháv de favas cozidas *
Sal e pimenta preta moída na hora
Pão torrado com alho p/ servir


// preparação tradicional

Comece por preparar o molho de tomate.
Ligue o forno a 200ºC.
Coloque no tabuleiro de forno o tomate, os alhos esmagados, um fio de azeite e os temperos. Misture e leve ao forno a 200ºC cerca de 40 minutos.
Retire, misture e reserve.

Enquanto isso prepare o creme de caju.
Triture todos os ingredientes até obter um creme homogéneo e espesso, com textura de queijo creme de barrar. Ajuste os temperos a gosto e reserve.

Refogue em azeite a cebola e o alho picados e junte a paprika fumada.
Adicione o molho de tomate, o concentrado tomate e a água e cozinhe em lume brando cerca de 20 minutos.
Junte as favas cozidas, o sal e a pimenta e cozinhe mais 5 minutos.
Rectifique os temperos e sirva com pão de alho torrado e o creme de caju.

* Se usar favas congeladas, pode deixá-las em água a ferver enquanto inicia a receita e usá-las diretamente. Certifique-se depois que ficam bem cozinhadas na tomatada.


// preparação thermomix_bimby

Comece por preparar o molho de tomate.
Ligue o forno a 200ºC.
Coloque no tabuleiro de forno o tomate, os alhos esmagados, um fio de azeite e os temperos. Misture e leve ao forno a 200ºC cerca de 40 minutos.
Retire, misture e reserve.

Enquanto isso prepare o creme de caju.
Coloque todos os ingredientes no copo e triture 30 seg/vel 6-7-8, até obter um creme homogéneo e espesso, com textura de queijo creme de barrar. Ajuste os temperos a gosto e reserve.

Coloque no copo o azeite, a cebola, o alho e a paprika, pique 5 seg/vel 5 e refogue 6 min/100C/vel 1.
Adicione o molho de tomate, o concentrado tomate e a água e cozinhe em lume brando 20 min/100C/vel 1.
Junte as favas cozidas, o sal e a pimenta e cozinhe mais 5 min/100C/vel c. inversa.
Rectifique os temperos e sirva com pão de alho torrado e o creme de caju.

* Se usar favas congeladas, pode deixá-las em água a ferver enquanto inicia a receita e usá-las diretamente. Certifique-se depois que ficam bem cozinhadas na tomatada.


 

5 comentários:

  1. Que bom aspecto,...mesmo ao agrado cá de casa,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  2. Que maravilha de receita..... mas........e quem não gosta de favas? pode substituir por algo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma receita muito versátil. As favas podem ser substituídas por ervilhas, feijão cozido, beringela, curgete, feijão verde em pedaços... Fica sempre uma delícia!

      Eliminar