domingo, 2 de janeiro de 2011

Ano Novo, Pão Novo

Eu e o pão.
A culinária para mim é feita de paixões, e não há nenhuma que derrube a que tenho por fazer pão.
Pão é alimento. É partilha. É um encerrar de simbologias que se renovam e espalham com o cheiro que perfuma a casa quando há um pão caseiro no forno. E se barrarmos em cima um pouco de doçura, não há como afastar a alegria. :)
Aqui conjugo a farinha de centeio com a de trigo, o que confere à massa uma consistência mais rústica. E se tem aí por casa sobras de frutos secos das festas, eis uma boa ideia para usá-las.
Para primeiro post do ano, não podia haver outra coisa: pão!

Porque assim que se inaugura um ano que se espera difícil, mas em que depende de nós torná-lo positivo e memorável.
Que não nos falte o pão para alimentar a vontade.
Um Feliz 2011 para todos, com sorrisos, saúde e inspiração para procurarmos mais do mundo.

Photobucket

Pão de Centeio e Alperces - Método Bertinet

400g de farinha de trigo T65
100g de farinha de centeio
10g de fermento fresco de padeiro
10g de sal
350g de água

200g de alperces secos

_________________________________________

thermomix_bimby

Pique os alperces com alguns toques de turbo e reserve.

Coloque no copo o fermento e a água: 2 min, temp 37º, vel 1.
Junte os restantes ingredientes, com excepção dos alperces, que deverá juntar pelo bucal apenas nos instantes finais: 10 seg, vel 6 + 4 min, vel espiga.
Retire a massa para uma taça enfarinhada e deixe repousar num alguidar, tapada com um pano de cozinha, até que duplique de tamanho.

tradicional

Numa taça, desfaça o fermento fresco juntamente com todas farinhas, fazendo uma farofa. Junte o sal e a água tépida. Segure na taça com uma mão e misture os ingredientes com a outra por 2-3 min, até que se comece a formar a massa.
Retire a massa para a bancada sem a enfarinhar e comece a trabalhá-la. Coloque as duas mãos por baixo da massa, com os polegares por cima, e estique-a fazendo-a depois cair novamente sobre a bancada, com a parte que ergueu a dobrar por cima da outra.
Vá repetindo este movimento por aproximadamente 5 min até que a massa ganhe mais ar e elasticidade e se solte da bancada. Quando estiver quase no ponto, misture os alperces em pedaços e continue com o processo.
Nesta altura forme uma bola, dobrando os limites para o centro.
Vire ao contrário e deixe repousar na taça enfarinha e tapada com um pano de cozinha até que duplique de tamanho.

máquina de pão

Coloque na cuba as farinhas, desfaça o fermento fresco por cima, junte o sal e a água: seleccione o programa “Massa”. Quando apitar adicione os alperces picados.
Quando o programa terminar retire a massa.

…………………………………………

Forre uma forma de pão de 30cm com papel vegetal.

Tombe a massa levedada da tigela para a bancada levemente enfarinhada, suavemente, servindo-se de um rapa-tachos.
Abra levemente a massa num rectângulo, com as mãos. Dobre o lado mais comprido do rectângulo até ao centro e pressione a junção com a base da palma da mão.
Dobre o outro lado da massa até ao centro e pressione novamente.
Dobre ao meio no mesmo sentido e pressione novamente com firmeza com a ponta dos dedos para selar a junção. Esta operação é que permite concentrar a força da massa numa linha dorsal imaginária.
Vire a massa de modo a que a costura fique para baixo.

Coloque a massa na forma e deixe levedar novamente por mais uma hora (até que dobre de tamanho), coberto com um pano.

Pré-aqueça o forno a 250º com um tabuleiro vazio lá dentro.

Quando colocar o pão a cozer, deite no tabuleiro uma chávena de água a ferver para criar vapor e obter uma crosta estaladiça.
Reduza o forno para 220º e coza 10 min e depois mais 30 a 35 min a 200º.

Photobucket

Notas:

- Pode fazer apenas uma pré-cozedura de 10 min a 220º, deixar arrefecer completamente e congelar. Depois é só retirar directamente do congelador para o forno a 210º mais 35 min.

- Outra alternativa é cozer o pão totalmente e depois, logo que arrefecer, fatiar e congelar. Assim basta descongelar as fatias durante a noite para ter pão fresco pela manhã. :)

- Fonte: Receita adaptada a partir do livro “Dough”, de Richard Bertinet.

20 comentários:

  1. Happy New Year ♥
    Moltissimi Auguri
    per uno splendido 2011

    ResponderEliminar
  2. Amen! para as tuas palavras.
    Venha ele, o pão barrado com doçura.
    2011 beijinhos e próspero ano novo querida padeira bibolica :)
    Rute

    ResponderEliminar
  3. Com pão acabaste e com pão começaste um ano.
    A meu ver, escolhas perfeitas. Um alimento essencial.
    Um ano feliz!...
    Babette

    ResponderEliminar
  4. A minha preferencia vai para o centeio, gosto mesmo.
    Um bom ano!

    ResponderEliminar
  5. Concordo contigo...é mesmo feita de paixões...fazer pão é fascinante :) Adorei a receita!
    Feliz Ano Novo Gasparzinha!
    Bjos

    ResponderEliminar
  6. Que boa maneira de iniciar um novo ano, com um pão que me parece espectacular,
    Um Feliz 2011 para ti
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. QUE PÃO TÃO APETITOSO...ADOREI.
    BJS

    ResponderEliminar
  8. Que pãozinho tão lindo para começar o ano!! bjinhos e Feliz 2011!

    ResponderEliminar
  9. Vem participar no Passatempo “ As Nossas Receitas “, conto contigo.
    http://casaescorpiao.blogspot.com/2010/12/passatempo-as-nossas-receitas-1%C2%BAtema.html
    beijos

    ResponderEliminar
  10. Vindo de ti só se podia esperar um belo pão para iniciar 2011! Na ceia de Natal esteve na nossa mesa o teu pão de figos e amêndoas na versão nozes. E inevitavelmente lembrei-me de ti!Espero que 2011 te traga tudo o que mais desejares e que nunca te falte essa alegria que tanto te caracteriza. Um beijinho

    ResponderEliminar
  11. Ainda bem que tenho máquina de pão, porque os preços devem estar pela hora da morte :) Este pão deve ser delicioso!

    ResponderEliminar
  12. Aceito o teu Pão como um Pressagio "Tudo de bom nos irá aconteceu e o mau será fechada a 7 chaves, assim não chegará a nós"...
    Bom ano amiga =)
    Beijos grandes da Carolina e da tua fã pequenina...

    ResponderEliminar
  13. Até parece que sinto o cheiro deste pãozinho... Deve ser maravilhoso.

    Bom 2011

    Bjs

    berlenga

    ResponderEliminar
  14. Ficou simplesmente com um ar delicioso... Óptima receita para começo do Ano. Gostei bastante.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Olá querida Gasparzinha! Votos de um Ano Novo cheio de coisas boas! Que pão apetitoso!!!! Ai, se soubesses que vontade me deu de ir para casa a correr fazer pão....o cheiro, a textura, nada se compara a pão acabado de fazer, não é? Estou para comprar esse livro ( ou o Crust) do Richard Bertinet há um tempinho...mas fico sempre hesitante, achas que vale apena? Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  16. Filipa, eu tenho os dois e gosto muito. Valem mesmo a pena. :)
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  17. Adoro fazer pão em casa, este vou experimentar fazer no fim de semana, parece-me óptimo :')

    ResponderEliminar
  18. Partilho a tua paixão por pão. Vou experimentar este também.
    Feliz ano e que não nos falte o pão!

    ResponderEliminar
  19. gasparzinha nao ha nada melhor que o cheiro a apao acabado de fazer. esta esta super apetitoso.
    a receita ja vai comigo
    beijinhos

    ResponderEliminar