segunda-feira, 25 de Outubro de 2010

Pão de Cerveja com Espelta e Soja

O processo é simples, mas encanta-me. Pão é bom, de comer, de fazer, de amassar, de partilhar.
De ingredientes soltos passam a um todo, que cresce e se multiplica com o tic-tac do relógio.
Ganha forma enquanto o forno aquece e quando de lá sai já se apoderou da casa com o seu cheiro.
Porque uma casa também é feita de cheiros.
Torna-se cheia e tão mais nossa quando depois das primeiras fatias cortadas, sentamos os amigos à mesa para receberem o pão quente.
Espelta, soja, trigo e cerveja, e tudo e tanto mais aqui, numa fatia de pão caseiro.

Photobucket

300ml de cerveja
1 colher chá de sal
2 colheres sopa de mel
50g de azeite
200g de farinha espelta
200g de farinha de trigo
100g de farinha de soja
12g de fermento fresco de padeiro
30g de sementes de sésamo
30g de sementes de linhaça
_________________________________________

Preparação da massa na bimby:

Com o copo seco, use a vel 9 para reduzir 200g de nacos de soja a farinha. Reserve.
Coloque no copo a cerveja, o azeite, o mel e o fermento e programe 2 min, temp 37º, vel 1.
Adicione os restantes ingredientes: 10 seg, vel 6 + 3 min, vel espiga.
Forme uma bola, e deixe levedar num alguidar tapado com um pano até dobrar de tamanho.

Preparação da massa na MFP:

Deite na cuba os ingredientes pela ordem indicada pelo fabricante. Seleccione o programa “Massa” da sua máquina de pão, caso queira moldar e cozer o pão no forno, ou o programa”Integral”, caso prefira prepará-lo totalmente na MFP.

Preparação da massa tradicional:

Aqueça ligeiramente a cerveja, apenas para que fique tépida, e dissolva nela o fermento.
Numa tigela faça um monte com as farinhas e o sal.
No centro deite a cerveja, o mel e o azeite e vá amassando até formar uma bola. Junte então as sementes, amasse para envolver e forme uma bola.
Deixe levedar num alguidar tapado com um pano até dobrar de tamanho.

…………………………………………………………

Quando a massa tiver levedado, trabalhe-a um pouco com as mãos, apenas para lhe tirar o ar.
Para modelar, comecei por formar uma bola com a massa, achate-a em forma de rectângulo e dobre em envelope da parte de cima até ao meio, repetindo mais uma vez, sendo que este procedimento dará mais estrutura à massa.
Transfira a massa para uma forma de pão forrada com papel vegetal e deixe levedar novamente durante aproximadamente mais 30 min.

Enquanto isso, pré-aqueça o forno a 200ºC com um tabuleiro por baixo, ainda sem água.

Polvilhe o pão com farinha e use uma faca de serrilha para fazer uns cortes decorativos.
Coloque a forma no forno, junte uma chávena de água quente ao tabuleiro que colocou por baixo e deixe cozer por 30 a 40 minutos.
Estará cozido quando ao bater no fundo da forma ouvir um barulho oco.
Retire, aguarde uns minutos para desenformar e coloque o pão numa grelha para que arrefeça.
_________________________________________

Nota:
- O pãp que está na foto foi amassado na bimby e cozido no forno numa forma de pão rectangular.

Fonte – Receita inspirada no pão de cerveja da revista “Saberes e Sabores” nº199.

25 comentários:

  1. A cerveja no pão deve dar um sabor diferente.Nunca experimentei.Hummmm..... vou ter que meter as mãos na massa.

    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Uma fatia bem grande aqui para o Campo Grande, se faz favor... de preferência com uma boa manteiga...

    ResponderEliminar
  3. Belísimo o teu pão. Farinha de espelta até tenho lá por casa, acho que só falta a soja e aventuro-me num pãozinhos desses.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Gostei de ler a introdução para este páo maravilhoso.
    beijo

    ResponderEliminar
  5. Um pão diferente mas com um excelente aspecto!!
    beijoca

    ResponderEliminar
  6. Que maravilha! Uma receitinha mesmo ao meu gosto!

    ResponderEliminar
  7. gosto de pão que seja diferente do tradicional, este parece-me mto interessante.

    o teu foi feito de que forma ( Bimby, mpf, ou tradicional), está um belo pão :D

    ResponderEliminar
  8. A cerveja no pão anda a intrigar-me :) Ficou um pão bem bonito!

    ResponderEliminar
  9. Obrigada a todos pelos comentários simpáticos. :)

    Kombi, eu amassei o pão na bimby e cozi no forno numa forma de pão rectangular.
    :)

    Beijnhos

    ResponderEliminar
  10. Ficou com um óptimo aspecto imagino o sabor.
    Bjd

    ResponderEliminar
  11. Esta ai uma boa ideia para um pão, com cerveja.....estou curiosa para saber que sabor terá!
    Obrigada ;o))

    ResponderEliminar
  12. Um pãozinho com aspecto delicioso. Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Fiquei curiosa!! E com cerveja preta deve ficar uma delícia!

    ResponderEliminar
  14. Cacetinhos de cerveja preta já fiz e adorei.
    Portanto adoro este também.
    Mais ainda porque tem uma códea crispy. Deve ser tão estaladiço!!!!
    Beijinhos a estalar.

    ResponderEliminar
  15. Pão com cerveja eu nunca tinha visto, adorei.
    Bjs

    ResponderEliminar
  16. com cerveja e que mete confusao mas o aspecto e mesmo com eu gosto
    tenhoq ue arranjar assim uam forma de pao para cozer tamebm no forno
    quero experimentar
    beijinhos e uma boa semana

    ResponderEliminar
  17. Que pão mais lindo, a foto ficou muito linda também! Parabéns! Beijos e uma ótima semana!

    ResponderEliminar
  18. Maravilhoso! Adoro pães caseiros.
    Bjs :)

    ResponderEliminar
  19. Amiga,
    Esse teu pão é mesmo ao meu estilo.
    Hoje fiz mais um pão do livro das bases ;o)

    ResponderEliminar
  20. Que bom aspecto tem este pão!!
    Codêa estaladiça como eu gosto.:)
    Bjs e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  21. Very nice beer bread recipe, always a favorite at our table.

    ResponderEliminar
  22. Já fiz este pão duas vezes. Uma vez na bimby e cozido num forno eléctrico, outra mesmo à mão e cozido num forno a gás (não havia electricidade). Adorei em ambas as vezes, ficou delicioso, com a crosta crocante e tãaaaaaao apetecível!!! Fiz com a receita que vem no livro Velocidade Colher, e só depois vi que havia uma entrada no blog com a mesma receita. E em ambas as vezes foi tremendamente elogiado. :-) Obrigada!

    ResponderEliminar
  23. Sophie, mas que bom! Algumas receitas do livro já estavam no blogue, as minhas favoritas cá de casa não podiam deixar de lá estar. :)
    Fico tão contente que tenha sido aprovado tb por aí! :)
    Bjs

    ResponderEliminar