quarta-feira, 29 de abril de 2009

Pasta de Pistáchio

O ex-libris da pasta de pistáchios é o "Bronte Crema di Pistacchio", originário da Sicília. Se usar uma pasta de compra, procura uma que contenha pelo menos 40% de pistáchios.
Não é fácil encontrar à venda em Portugal. E barata também não será.

Esta iguaria é tida muitas vezes como impossível de ser feita em casa, o que com uma bimby e uma receita de referência se desmente em três tempos.
Apesar de também aqui partilhar o modo de preparação tradicional, não acredito que o resultado obtido seja igual, contudo, de onde veio a receita foi assim que foi feita e resultou!

A receita que apresento é do Piérre Hermé, o famoso pasteleiro francês, e foi retirada daqui.
O resultado: fantástico!
Só não foi comida à colher porque o destino era outro… :)



Para 250gr

200 gr de pistáchios (pesados com a casca)
50 gr de amêndoas laminadas ou amêndoas trituradas
100 gr de açúcar
2 colheres sopa de água
1 ou 2 gotas de extracto de amêndoa
Água q.b.
_________________________________________

thermomix_bimby

Pulverizar as amêndoas e os pistáchios sem casca: 30 seg, vel 9.
Baixar os resíduos do copo e repetir.
Juntar o extracto de amêndoa e envolver na vel 7.
Usar apenas uma ou duas gotas de extracto, senão este irá sobrepor-se ao sabor dos pistáchios. Reservar.

Coloque no copo a água com o açúcar: 12 min, temp varoma, vel 1.
Juntar os pistáchios e amêndoas reservados: 30 seg, vel 6.
Ir juntando 1 c.chá de água de cada vez e mexer entre elas até obter uma textura de massapão. Não usar água em excesso.
Guardar num saco plástico com fecho ou tupperware, no frigorífico.

tradicional

Pique os pistáchios na picadora o mais fino possível.
Misture as amêndoas em pó, o extracto de amêndoa e forme uma pasta.
Usar apenas uma ou duas gotas de extracto, senão este irá sobrepor-se ao sabor dos pistáchios. Reservar.

Numa frigideira larga, aqueça a água e o açúcar até aos 121ºC, formando uma calda e mexendo para que não queime.
Verta a calda de açúcar sobre a pasta reservada e misture depressa para que não cristalize.
Cuidadosamente, vá juntando 1 c.chá de água de cada vez e mexa entre elas até obter uma textura de massapão. Não usar água em excesso.
Guardar num saco plástico com fecho ou tupperware, no frigorífico.



Notas:

- Esta pasta poderá ser usada na preparação de doces e coberturas de bolos.

15 comentários:

  1. Esta pasta soa-me muito bem. Adoro pastas de frutos secos: manteiga de amendoim, amendoa, caju...

    A próxima a experimentar é de pistachio. Entretanto por falar nisto, ontem, fiz uns iogurtes de café, chocolate e manteiga de cajú que de aspecto estão fantásticos. Mas ainda não provei.

    Fiquei curiosa com os de pêra e gengibre que referiste nos comentários do m/blog. O gengibre ficabem com tudo. Já os experimentaste?

    ResponderEliminar
  2. Nossa! Sempre quis saber esta receita, nem acredito que voce postou, porque custa muito caro e nao é facil de achar. Obrigada, obrigada, obrigada... Bjim. Léia

    ResponderEliminar
  3. Olá Gasparzinha,sou a bimbólica Sandra G e não podia deixar de participar no teu blog pois acho-o mágnifico.
    Trazes sempre coisas bem diferentes do habitual e eu como ando sempre á procura de sabores novos para os meus cozinhados torn-se para mim uma grande inspiração.
    Achei esta pasta muito tentadora pois eu sou fã de frutos secos.
    Muito obrigada

    ResponderEliminar
  4. Os pistáchios são sem sal não é? Isso é que não é nada fácil de encontrar... não sei se escaldados dá para lhes tirar o sal. Será?

    ResponderEliminar
  5. Olá

    Antes demais obrigada pela partilha de receitas fantásticas.
    Sou bimbólica à pouco tempo, mas ADORO! Já fiquei com água na boca. Tenho no entanto uma dúvida, os pistáchios são picados com a casca, certo?

    ResponderEliminar
  6. Rute, ainda há pouco comi um.
    Delicioso! :)
    Mas deixa-me dizer-te que não foi fácil...
    Tive duas tentativas falhadas com pêssego e gengibre (primeiro ralado, fresco, depois em pó) e talharam as duas.
    Desta vez sairam fantásticos.
    Em breve coloco a receita.
    :)

    Ameixa, usei os do costume, os mais baratos que encontro que sºao os do minipreço. Com sal, mas não faz mal.

    Fada do Açúcar, retira-se a casca dura dos pistáchios, mais nada.
    Mas sao pesado com casca, usei uma embalagem de 200g. Vou clarificar isso na receita.
    :)

    Beijinhos para todas. fico contente que tenham gostado. :)

    ResponderEliminar
  7. Gasparzinha, nunca provei nada semelhante, mas bem que dava umas tantas colheradas (não consigo provar só com uma,lol)! Sabes que este dia está a ser surpreendente pela quantidade de receitas que estou a guardar, é tudo tão bom!
    Bem, vou ver o teu gelado...hehehe
    Beijinhos****

    ResponderEliminar
  8. Nunca tinha ouvido falar antes em pasta de pistáchios, mas pelos ingredientes dá vontade de meter a colher!

    ResponderEliminar
  9. Uau! Tu e a tua originalidade! Não conhecia, mas deve ser bom!

    ResponderEliminar
  10. Eu amo o pistacchio de Bronte, è maravilhoso! Tenho a sorte de viver a 70km de Bronte, por isso o preço por aqui nao è assim tao caro.
    Sorvete de pistacchio è um dos meus preferidos, parabèns pela receita!
    Pati

    ResponderEliminar
  11. Estou com uma dúvida é que a imagem de cima fica com uma textura que me agrada e a debaixo já é diferente... Quando fizeste gasparzinha como ficou? Qual das duas imagem foi fruto da tua receita?
    Obrigada beijinhos

    ResponderEliminar
  12. As imagens são as duas minhas, mas de fases diferentes da receita.
    Ade baixo, mas granulada, é antes de se juntar a calda.
    A primeira, maior, é o resultado final da pasta já pronta.

    :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  13. Gasparzinha so me dás motivos para sorrir :D
    Já fiz e está ali à espera para se transformar em gelado :P
    Bjo grande

    ResponderEliminar
  14. Pipas, o gelado é muuuito bom!
    Espero que gostes.
    Beijinhos

    ResponderEliminar