terça-feira, 31 de março de 2009

Pastéis de Tentúgal

Os doces conventuais são sempre um atentado ao colestrol, mas com a Páscoa à porta, marcam presença nas mesas festivas de muitas famílias.
Os Palitos Folhados, como eram originalmente conhecidos, faziam parte da doçaria do Convento de Nossa Senhora da Natividade – Carmelo de Tentúgal.
A receita e arte de confeição foram ensinadas à Dona Conceição Faria por uma familiar, auxiliar no Convento, mantendo-se exclusivamente na família até meados dos anos 50, altura em a industrialização do seu fabrico se tornou na principal força empregadora e geradora de riqueza da antiga vila.

Estes pastéis de Tentúgal que aqui apresento são feitos com uma versão um pouco mais leve de ovos moles, aproveitando o ovo todo em vez de somente as gemas.

Enfim, sempre pesa um bocadinho menos a consciência ao comer esta delícia!
Parece complicado, mas depois de se fazer pela primeira vez, percebe-se a sua simplicidade, e depois é que são elas…
Fiz pela primeira vez no Natal, repeti para um jantar cá em casa, e depois optei por fingir que não sabia do que se tratava, pois a tentação é grande! :)

Photobucket

Ovos moles
Massa filo
Manteiga derretida
Açúcar em pó

Ovos Moles Pobres:
5 ovos
250 gr. de açúcar
150 gr. de água

_________________________________________

thermomix_bimby

Ovos Moles Pobres:
Coloque no copo a água com o açúcar: 17 min, temp varoma, vel 1.
Misture bem os ovos numa taça.
Quando terminar o tempo da calda de açúcar, deixar arrefecer um pouco e juntar um bocadinho da calda aos ovos batidos, mexendo sempre para não cozerem.
Coloque a borboleta no copo e programe 5 min, temp 100º, vel 2,
deitando pelo bucal os ovos batidos. Ao terminar o tempo, verificar se tem a consistência desejada (se for necessário dar mais uns minutos, eu costumo dar mais 3 minutos).
Retirar do copo e deixar arrefecer.

tradicional

Ovos Moles Pobres:
Leva-se o açúcar ao lume com a água e deixa-se ferver até fazer ponto de espadana (117º C).
Retira-se a mistura do lume, deixa-se arrefecer um pouco e junta-se uma pequena porção deste preparado morno aos ovos. Misturam-se os dois elementos e leva-se tudo novamente ao lume para cozer e engrossar, até os ovos-moles terem a consistência desejada.

………………

Montagem dos Pastéis:
A embalagem vem com 8 a 10 folhas.
Cada duas folhas dão para 4 pastéis.

Retirar as folhas duas a duas, sobrepostas.
Com uma faca cortar em quatro rectângulos.
Em cada um deles colocar uma porção de ovos moles numa ponta, passar manteiga derretida nas faixas laterais (com o dedo) e enrolar.
Depois de enrolados, dobrar as pontas para cima como está na foto.

Levar ao forno a 180º mais ou menos 15 minutos, até ficarem douradinhos.
Polvilhar com o açúcar em pó.

_________________________________________

Notas:

- A massa filo seca muito depressão que depois dificulta o seu manuseamento. Por isso, o pacote deve permanecer tapado com um pano enquanto enrola os pastéis.

- Os ovos moles, depois de arrefecidos, podem ser conservados no frigorífico por uns dias ou congelados.

- A foto mostra pastéis em tamanho normal feitos conforme descrito na receita, e em tamanho mini, para os quais se cortam as folhas de filo em partes mais pequenas.

Fonte: Os pastéis de Tentúgal foram feitos seguindo as instruções da Ana I do forumbimby, e os ovos moles pobres são receita da Luísa Alexandra.

26 comentários:

  1. Susana amiga!

    Que lindos pastéis! cá por casa e as visitas tb adoram esses pastéis. tenho uma embalagem de massa aberta era para ter feito este fim de semana mas fiz outro doce mas tá para breve..;) e os teus miga estão um "must" dá-me para tomar com o café daqui a pouco...)

    bjs.

    ResponderEliminar
  2. Vou fingir que não vi este tópico.... ; )
    São maravilhososssss!
    Querida, nas todas altera depressão para depressa. ; )
    beijinhoss

    ResponderEliminar
  3. Bem, quantos posso pedir, é que adoro pasteis de Tentugal.
    Estão perfeitos!
    Bjos

    ResponderEliminar
  4. Adoro esses pastéis, sempre que ia a Coimbra ou à Figueira trazia uma caixa :D Qualquer dia tenho de experimentar em casa.

    ResponderEliminar
  5. Isto faz-me lembrar o tempo que estudei em Coimbra. De quando em quando lá trazia eu para casa uns pasteizinhos :) Sao deliciosos!

    ResponderEliminar
  6. Bem, estes pastelinho são da minha região! À pois é, a minha aldeia natal fica a 15 km de Tentúgal!
    São uma delícia! :)

    ResponderEliminar
  7. Ena!!!!
    Que coisa boa!
    Lindos, como aliás tudo o que por aqui anda!!!

    ResponderEliminar
  8. Sou doida por estes pastéis :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Adoro estes pastéis, são uma delíciaaaaaaaaaa..,ficaram perfeitos.
    Também tenho utilizado a receita de ovos pobres em alguns doces e gosto muito.
    Bjos

    ResponderEliminar
  10. Ai moça o que tu aqui foste pôr ... adoro, ainda não experimentei fazer, comer sim e sempre que posso dos originais :-) excelentes dicas ;-)

    ResponderEliminar
  11. Andava eu , á procura de uma receitinha de folar da zona de Olhão quando me deparo com estas delicias..Adoro pasteis de tentugal, e aqui onde vivo(UK) não há nada.. que saudades, estou-me a babar só de ver as fotos.Obrigada pela partilha adorei e é uma sugestão que fiquei de olho.beijinhos

    ResponderEliminar
  12. A massa filô foi para mim uma descoberta recente. Fiz com ela umas chamuças retangulares vegetarianas muito boas na actifry.

    Os teus pasteis de tentugal estão perfeitos, lindos!!!! E também tens muito jeito para as fotos ;-)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  13. Eu também adoro estes pastéis (quem não gosta?) .... E os da foto estão lindos!!

    ResponderEliminar
  14. Olá!

    Sim, tens razão, estes doces são um atentado ao colesterol, mas são deliciosos, o qe se pode fazer?:P

    Há desafio no meu blog!
    Inscreve-te!
    Bjs*

    ResponderEliminar
  15. Visualizei o seu blog e achei muito interessante... Parabens

    Gostaria de lhe pedir se poderia colocar o link do meu blog no seu site: http://do-nariz-a-boca.blogspot.com/

    Pode ser??

    Quando colocar envie um mail para aqui: pirusas.carvalho@hotmail.com

    Abraços

    ResponderEliminar
  16. Ena!!quem diria que os pastelinhos de tentugal também se podiam fazer em casa!!e eu a pensar que os da pousadinha eram os melhores, estou a ver que não hehehe.
    Lindos:-)

    ResponderEliminar
  17. Meninas e meninos, obrigada pelos comentários tão queridos!
    Quando fiz no Natal, o meu pai gostou imenso e só dizia: parecem mesmo os de compra.
    Lá em casa somos todos fãs dos originais.
    O meu receio eram os ovos moles, mas com a ajuda da bimby esta parte fica muito facilitada. Depois o resto não tem ciência: é enrolar a massa e não deixar que secar.

    E depois se sobrar massa, é dar asas à imaginação.
    Tb já fiz umas chamuças de courgete e morcela com ela, assadas no forno, que fixaram uma delícia!
    Foram pastéis para o natal e as chamuças para o ano novo com a mesma embalagem.

    Beijinhos. :)

    ResponderEliminar
  18. Os pasteis são deliciosos e ficaram com óptimo ar. Fiquei muito contente com a receita dos ovos moles pobres porque ainda não tinha a receita tradicional - só encontrava a da bimby. Obrigada!

    ResponderEliminar
  19. Estes pasteis são uma delicia..ainda para mais vivo bem perto deles! ;)

    ResponderEliminar
  20. Ui o meu marido adora isto!! Se eu lhe faço de certeza que desaparecem num instante!!
    Tenho de experimentar fazer, dar-lhe esse miminho... lol
    Bjs.

    ResponderEliminar
  21. Olá Gasparzinha
    Finalmente tenho net!Depois de uma semana a competir com + 3 por uma palca da vodafone!
    Adorei a apresentação,um espectaculo!
    Bj

    ResponderEliminar
  22. olá gasparzinha,
    Amei sua receita!
    Nasci em Oieras também, mas me mudei para o Brasil a muitos anos.
    Os doces de ovos são mesmo maravilhas!
    Obrigada por essa receita!
    Nina

    ResponderEliminar
  23. Nina, é por isto que eu adoro a internet e estou tão entusiasmada com o blog.
    O encontro de pessoas e sabores que mesmo tão distantes, estão na verdade em grande sintonia. :)

    Espero que voltes mais vezes!

    Beijos. :)

    ResponderEliminar
  24. Olá!
    Afinal já tinha passado por aqui antes, mas não guardei logo nos favoritos e perdi o rasto.
    Quando vi o cabeçalho lembrei-me logo hehehe
    Estes pastelinhos são quase da minha terra, digamos que ficam logo ao lado :)
    Adoro comê-los mas nunca me atrevi a fazê-los, sempre pensei que fosse muito difícil. Com a massa filo já feita sempre é mais fácil, também tenho que os experimentar.
    Bjs
    Moira

    ResponderEliminar
  25. Moira, então já es de casa. :)

    E este pastéis acabam por ser mesmo bem simples de fazer. E de comer!

    Beijnhos.

    ResponderEliminar
  26. querida, sou super fã dos doces portugueses.. os da foto estão com uma aparência incrível!
    bjos e super obrigada pelos recadinhos que vc deixa no Madames.. gosto mto!

    bjos, glau

    ResponderEliminar