domingo, 29 de novembro de 2009

Batata Doce com Grão e Especiarias

Por vezes há receitas que têm tudo para dar certo, mas depois alteramos um pequeno detalhe e pimba, estragamos tudo.

Como o aspecto é beeem tentador e o que estragou tudo é facilmente identificado, aqui fica a receita.
Não façam é como eu e não usem alecrim seco em vez do fresco… Os galhinhos do alecrim tornaram-se muito desagradáveis...
Se não tiverem, não usem nada, acho que ainda ficará melhor!
De resto, é uma combinação de temperos diferente, mas quem tiver uma boca que simpatize com estes sabores, atreva-se!

As sobras foram aproveitadas para outro fim… aguardem. :)



Para 3 pessoas *

280g de grão cozido, escorrido
2 batatas doces (250g)
1 cebola
2 colheres sopa de manteiga derretida
1 colher sopa de azeite
1/2 colher chá de canela
2 colheres sopa de mel
2 colheres chá de noz-moscada
1/2 colher chá de gengibre em pó
1 dente de alho
Sal
1 limão – raspa e sumo
Pimenta
1 colher sopa de alecrim fresco
_________________________________________

Aqueça o forno a 200ºC.

Descasque as batatas e corte-as em cubos do mesmo tamanho, pique a cebola e junte na mesma taça o grão escorrido.
Numa tacinha, misture a raspa e sumo de limão, a manteiga derretida, o azeite, o alho, o sal, o mel, a canela, o gengibre e o alecrim.
Envolva as batatas, o grão e a cebola picada nesta mistura.

Distribua tudo num pirex e leve ao forno por 35 a 40 min, mexendo a meio.
Deixe arrefecer ligeiramente antes de servir e salpique com mais sumo de limão e pimenta moída na hora.
_________________________________________

Fonte – Receita adaptada a partir do blog “Sprouted Kitchen”.

17 comentários:

  1. O aspecto é delicioso, o pormenor do tomilho pode ter feito a diferença, mas que ficou lindo ficou :-)

    ResponderEliminar
  2. Fiquei pensando que deve ser uma boa conbinação batata-doce e grão-de-bico.

    ResponderEliminar
  3. Amiga, acho que estás enganada. O que colocaste não foi tomilho seco mas sim alecrim seco, pois pela foto é o que eu identifico. E já tive a experiência de colocar alecrim a mais num assado e de facto é desagradável encontrar os "tronquinhos".

    O tomilho seco não tem tronquinhos. Geralmente são só folhinhas que ficam praticamente em pó. Os tronquinhos de que falas só podem ser as folhas de alecrim que são pontiagudas.

    De qq das formas pelos ingredientes e pela maneira de confeccionar parece-me um rico pitéu :)) A experimentar por mim concerteza. Beijoka e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  4. Deve combinar muito bem, tem excelente aspecto!! bjinhos

    ResponderEliminar
  5. Que maravilha, gostei muito!!!
    Bjs,
    M.

    ResponderEliminar
  6. Têm muito bom aspecto, sim os paus do tomilho seco ás vezes não calha bem, uma vez tb me aconteceu ficar uma carne com um sabor estranho.
    bjsss

    ResponderEliminar
  7. Adoro grão. Esta receita deve ficar com um travo agridoce que eu adoro. Pena o pessoal cá de casa não achar tanta piada quanto eu acho :)
    Tenho um vaso de tomilho lindo, dá-se muito bem. Tens que arranjar um ;)

    ResponderEliminar
  8. Que aspecxto magnífico miga linda. Que pena a situação do tomilho mas o aspecto ficou verdadeiramente divino.
    Beijocas.

    ResponderEliminar
  9. Rute, claro que sim, eu é que troco sempre os dois! :) :) :)
    Já rectifiquei na receita - obrigada. :)

    Beijinhos para todas e espero que tenham tido um bom fds! :)

    ResponderEliminar
  10. Gasparzinha, os grãos fazem um bem danado pra nossa saúde, tenho até que comer mais...
    bjs
    Paula

    ResponderEliminar
  11. Pois as vezes acontece, nao temos uma coisa colocamos outra e depois no fim nao fica tao bom como estavamos a espera. Mas olha que de aspecto ficou uma delicia. E a juncao entre o grao e a batata e sempre saborosa.

    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Humm como sempre habituaste-nos a coisas diferentes mas nao menos deliciosas de certeza!!! gostei do aspecto!

    ResponderEliminar
  13. ola, parabens pelo blog
    aproveito para te convidar a visitares o meu blog e participares no sorteio bj
    http://scafsky.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  14. Gasparzinha,
    também já tive experiências destas com o alecrim. É um sabor muito forte. Nem todas as pessoas gostam. Quando faço um prato que leva alecrim, opto por não colocar ou substituo por outra erva do meu agrado.
    De retso o prato parece excelente.
    Beijinhos.
    Susana B.

    ResponderEliminar
  15. olá, fizemos esta receita cá em casa ao jantar e adorámos!!!!
    uma delicia, obrigada!

    ResponderEliminar
  16. Marisa, que bom!
    Fico sempre muito contente por saber que as receitas do No Soup chegam a outras mesas e são aprovadas. :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar